fulinaíma

quarta-feira, 22 de julho de 2009



nota s nota 22 07 2009

IRMÃOS E IRMÃS EM ARMAS

Se não viesse aqui agora me referir ao evento Virada Cultural Solidária acontecido em 12 e 13 do corrente mês, algumas impressões passariam por mim, e se eu não me voltasse e não me questionasse e às outras pessoas que me cercam, certas impressões se perderiam para sempre. Eu não queria uma resposta emocional, mesmo quando me senti acolhido pela corrente vibratória positiva mais extraordinária em que já estive envolvido, e direcionada a minha pessoa. Indaguei desconcertado à Mary, minha mulher, o que havia gerado aquilo tudo, e ela me respondeu simplesmente “a gente colhe o que planta”. Fiquei por aqui. Essa agricultura limpa e auto-sustentável, nas mãos de outros semeadores de ilusões-a-serem-realidade como Romualdo Braga, Cássio Peixoto, el brujo Artur Gomes, Wellington Cordeiro, Nick Ferreira, uma safra de bandas novas que não estão nem aí, junto a pilotos veteranos como Pimentel, França, Reubes, Meméia e sua BBV. Enquanto isso, este aqui vai encarando um tratamento quimioterápico na base da valentia e obediência extrema as indicações médicas, e posso adiantar que Javé Todo Poderoso está me aliviando na medida em que só Ele sabe. Agradeço às lembranças e demonstrações de afeto.

Blues, lagoa...
Muito feliz a possível retomada de um projeto que integre turismo, cultura e lazer utilizando as vocações e material humano que temos por aqui, e além de tudo trazendo o bom e velho blues e R&R. Digo em outras palavras que a Lagoa de Cima merece mais uma chance ou duas. Ouvir música e contemplar as belezas que o meio-ambiente pode nos proporcionar, criando um anti-meio onde podemos até repensar o abandono de uma Região. que por outros motivos ou caminhos não é todo dia que nos enche de orgulho. Compas de Campos, voltei pra briga!

luizz R.

3 comentários:

juarez mota disse...

Deus está contigo.

Abraço.

Juarez Mota

Visite meu blog http://juarezmota.blogspot.com/

claudiokezen disse...

Talvez o que leve tanta gente a homenagear Luizz Ribeiro se resuma na integridade pessoal e musical que sempre norteou seus (des)caminhos...

Centro de Artes Kapitar disse...

Querido, força!

bjs

Auci

CAMPOS DOS GOYTACAZES

Quem sou eu

Minha foto
meu coração marçal tupã sangra tupi e rock and roll meu sangue tupiniquim em corpo tupinambá samba jongo maculelê maracatu boi bumbá a veia de curumim é coca cola e guaraná