fulinaíma

quinta-feira, 5 de novembro de 2009

Que Viva Leminski!

Que Viva Leminski! aborda a obra do
poeta curitibano no SESC Consolação

No ano em que se completa 20 anos da morte de Paulo Leminski, uma edição do Projeto Outros Contextos apresenta vida e obra do poeta por meio de mesa de discussão, apresentação musical, leitura de poemas e ambientação, com consultoria de Ademir Assunção e direção de arte de Miguel Paladino. Participações de Boris Schnaiderman, Jerusa Pires Ferreira, José Miguel Wisnik, Neuza Pinheiro, Alice Ruiz, Mario Bortolotto e Áurea Leminski.

O projeto Outros Contextos, do SESC Consolação, em novembro faz uma homenagem ao poeta curitibano Paulo Leminski. Iniciado pela unidade em agosto, Outros Contextos tem como objetivo incentivar a leitura de obras de importantes autores da literatura brasileira e universal.

Neste mês, Que Viva Leminski! apresenta a vida e a obra de Paulo Leminski por meio de mesa de discussão, apresentação musical, leitura de poemas e ambientação, com consultoria de Ademir Assunção e direção de arte de Miguel Paladino.

Fãs e amigos de Leminski como Boris Schnaiderman, Jerusa Pires Ferreira, José Miguel Wisnik, Neuza Pinheiro, Alice Ruiz, Mario Bortolotto, Ademir Assunção e Áurea Leminski fazem parte da programação. Obras do poeta e CDs com músicas compostas por ele estarão à disposição do público para consulta no local. Textos e fotos de Leminski, em suas mais variadas facetas, serão plotados nas paredes, portas e elevadores, oferecendo ao público a oportunidade de conhecer um pouco mais sobre ele.

Paulo Leminski
Mestiço de polaco com negra, Paulo Leminski nasceu na cidade de Curitiba, Paraná, em 24 de agosto de 1944. Poeta, letrista de música popular, escritor, tradutor, professor e, pode parecer inusitado, também faixa-preta de judô, Leminski foi casado com a consagrada poetisa Alice Ruiz, com quem teve duas filhas.

Na década de 1970, teve poemas e textos publicados em diversas revistas - como Corpo Estranho, Muda, Código e Raposa. Em 1975 lançou o seu ousado Catatau, que denominou "prosa experimental", em edição do autor. Como compositor, Leminski teve a música "Verdura" gravada por Caetano Veloso no LP Outras Palavras, de 1981. Depois vieram outras gravações: "Mudança de Estação", com A Cor do Som; "Valeu", com Paulinho Boca de Cantor, e várias com Moraes Moreira: "Decote Pronunciado", "Pernambuco Meu", "Baile no Meu Coração", "Promessas Demais", música tema da novela Paraíso Tropical, da Rede Globo, em 1982. Em 1998, Arnaldo Antunes gravou em seu disco Um Som a música “Além Alma”.

Paulo Leminski foi um estudioso da língua e cultura japonesas e publicou em 1983 uma biografia de Bashô. Faleceu no dia 7 de junho de 1989 em sua cidade natal, mas sua obra tem exercido marcante influência nos últimos 20 anos. Seu livro Metaformose venceu o Prêmio Jabuti, em 1995. Em 2001, um de seus poemas ("Sintonia para pressa e presságio") foi selecionado por Ítalo Moriconi e incluído no livro "Os Cem Melhores Poemas Brasileiros do Século", Editora Objetiva — Rio de Janeiro.

OUTROS CONTEXTOS - QUE VIVA LEMINSKI!
De 5 de novembro a 19 de dezembro. Segunda a sexta, das 13h às 22h / Sábados, das 9h às 18h. Não recomendado para menores de 16 anos
Grátis.

Abertura
Dia 5/11. Quinta, às 20h.
Leminski em prosa, verso e música.
Mesa de discussão a partir da vida e da obra do poeta curitibano, com os professores Boris Schnaiderman, Jerusa Pires Ferreira e José Miguel Wisnik. Mediação do poeta Ademir Assunção
Local: Sala Ômega 8º andar. Lotação: 80 lugares.
Não recomendado para menores de 12 anos
Grátis.

Dia 7/11, sábado, às 20h Distraídos Venceremos
Poemas de Leminski por Alice Ruiz, Mario Bortolotto, Ademir Assunção e Áurea Leminski.
Local: Espaço Beta – 3º andar.
Duração: 45 minutos
Grátis. Lotação: 60 lugares.

Dia 11/11. Quarta, às 19h30.
Profissão de Febre
A cantora Neuza Pinheiro, acompanhada do músico Ronaldo Gama, apresenta parcerias com Leminski, entre elas "Para umas noites que andam fazendo", "Filho de Santa Maria", "Idéia Brilhante", "Puro Espírito", "Sina que me brisa" e "Alma rasa".
Local: Espaço de Leitura – 3º andar
Não recomendado para menores de 12 anos
Grátis.

Dias 13 e 27/11. Sextas, às 16h.
Uma palavra para Leminski
Narração do texto infanto-juvenil Guerra dentro da Gente, realizada pela contadora de histórias Kelly Orasi, do Núcleo Trecos e Cacarecos.
Duração 45 minutos.Local: Espaço de Leituras.
Não recomendado para menores de 10 anos
Grátis.

SESC Consolação
Rua Dr. Vila Nova, 245
Tel: 3234-3000
-----------------------------------------------------
Assessoria de Imprensa SESC Consolação e Teatro SESC Anchieta
Rita Solimeo Marin – Tel: 3234-3043
blog:
http://zonabranca.blog.uol.com.br
site:
http://zonafantasma.sites.uol.com.br

Nenhum comentário:

CAMPOS DOS GOYTACAZES

Quem sou eu

Minha foto
meu coração marçal tupã sangra tupi e rock and roll meu sangue tupiniquim em corpo tupinambá samba jongo maculelê maracatu boi bumbá a veia de curumim é coca cola e guaraná