segunda-feira, 3 de maio de 2010

Anote na agenda: III Feira de RSE

III FEIRA DE RSE BACIA DE CAMPOS
(22) 2772.0266 www.feirarsebaciadecampos.com.br




de 19 a 21 de maio

Evento acontecerá em Macaé, das 14h às 21h, e o ingresso é gratuito.

A III Feira de Responsabilidade Social Empresarial Bacia de Campos (feirarsebaciadecampos.com.br), evento da Revista Visão Socioambiental (visaosocioambiental.com.br) patrocinado pelas prefeituras de Macaé, Quissamã e São João da Barra, Universidade Estadual do Norte Fluminense (UENF), Sistema Firjan e empresas Pride, Transpetro e Eletronuclear, terá muitas atrações para as pessoas interessadas nos temas RSE e Sustentabilidade e também para o público em geral.

A Feira acontecerá nos dias 19, 20 e 21 de maio, das 14h às 21h, no Macaé Centro e o ingresso é gratuito, mediante credenciamento pela internet ou no local.

Entre as atrações, destacam-se: fórum de palestras e painéis sobre temas atuais, oficinas de reciclagem coordenadas pela Secretaria de Educação de Macaé e de compostagem pela Secretaria de Meio Ambiente de Rio das Ostras, mini-workshop de RSE ministrado pela Teia da Sustentabilidade e Laboratório de Cidadania, exibição de filmes e vídeos sobre sustentabilidade e meio ambiente, apresentações culturais de ONG´s e shows com artistas consagrados e talentos da região, oficinas do conhecimento com universidades, empresas e ONG´s, rodada de negócios sustentáveis, feira de artesanato regional com materiais reciclados e espaço para happy-hour durante os shows.

O objetivo do evento é disseminar conceitos e estimular ações de Responsabilidade Social e Sustentabilidade nos municípios da área de influência da Bacia de Campos, tendo este ano como tema “Consumo Consciente por uma Economia Sustentável”.

Palestras e palestrantes do Fórum

Dia 19 - quarta-feira

15 horas - Palestra de abertura: “Commodities Ambientais e Negócios Sustentáveis”.
Palestrante: Amyra El Khalili – Professora de pós-graduação em Commodities Ambientais, escritora, idealizadora do Projeto BECE (sigla em inglês) - Bolsa Brasileira de Commodities Ambientais.

16h30m - Painel: “Petróleo: Riscos, Desafios e Oportunidades Ambientais”.

- Aristides Soffiati Neto – Professor da Universidade Federal Fluminense (UFF), escritor, poeta e ambientalista, autor de nove livros sobre cultura e meio ambiente e doutor em História Ambiental pela UFRJ.

- Fernando Marcelo Tavares – Jornalista e ambientalista, ex-secretário de Meio Ambiente de Macaé e atual sub-secretário de Comunicação Social do município.

- Vilmar Berna – Escritor, ambientalista, ganhador do Prêmio Global 500 Para o Meio Ambiente da ONU e do Prêmio Verde das Américas, entre outros. Fundou e dirige a REBIA – Rede Brasileira de Informação Ambiental, com sede em Niterói (RJ).

- Mediador/Martinho Santafé – Jornalista, ambientalista, diretor da Revista Visão Socioambiental, repórter de O Debate, fundador do Centro Norte Fluminense para a Conservação da Natureza (1977) e da Associação Macaense de Defesa Ambiental (AMDA), poeta e artista plástico.

18h10m às 19h30m – Oficinas do Conhecimento – Apresentação dos projetos e ações das Universidades e Cursos Superiores instalados na região.

20h – Projeto Sentrinho/Unimed de MPB, com show de Cláudio Nucci e Banda, no pavilhão térreo do Macaé Centro.

Dia 20 - quinta-feira

14h30m – Painel: “Sustentabilidade, RSE e Consumo Consciente”.

- “A RSE na Visão da Imprensa”: Amélia Gonzalez - Jornalista, editora do suplemento quinzenal Razão Social de O Globo e do blog Razão Social.

- “Empresas Indutoras da Sustentabilidade”: Carlos Ely, diretor de Relações Institucionais do Walmart Brasil, ex-secretário de Meio Ambiente do Rio de Janeiro, ex-presidente do Conselho Estadual de Meio Ambiente e do Conselho Gestor do Fundo Estadual de Controle do Meio Ambiente.

- “Educação e Liderança para a Sustentabilidade”: Thais Corral – Jornalista com Mestrado pela Escola de Políticas Públicas de Harvard, membro do Conselho Consultivo do Instituto Akatu pelo Consumo Consciente, coordenadora da Rede de Desenvolvimento Humano (Redeh) desde 1990, presidente do Conselho Diretor da Associação Brasileira para o Desenvolvimento de Lideranças e co-diretora da Global Leadership Network.

16h40m – Palestra: “Uma Sociedade para Todos”
Palestrante: Cláudia Werneck - Jornalista, escritora, integra desde o ano de 2003 as duas mais conhecidas redes de empreendedorismo social do mundo, a da Ashoka Empreendedores Sociais (Estados Unidos) e a da Fundação Avina (Suíça).

Moderadora: Rita Barreto – presidente da Sociedade de Ensino e Terapia Macaense - Sentrinho, instituição criada como espaço alternativo de educação inclusiva para pessoas com deficiência.

1810m - Palestra: “O Direito Ambiental das Cidades”.
Palestrante – Rogério Rocco - Ex-superintendente do Ibama no Rio de Janeiro, advogado, Mestre em Direito da Cidade e Analista Ambiental.

19h20 – Rodada de Negócios Sustentáveis

20h – Projeto Sentrinho/Unimed de MPM com show do Grupo Palafita, no pavilhão térreo do Macaé Centro.

Dia 21 – sexta-feira

14h30m – Palestra: “A agenda da Sustentabilidade e as grandes transformações do Século XXI”.

Palestrante – Sérgio Besserman– Professor, economista, ambientalista, presidente do Comitê de Gestão Integrada e de Mudanças Climáticas da Prefeitura do Rio de Janeiro. Ex-presidente do IBGE, ex-diretor de planejamento do BNDES, membro do conselho diretor da WWF-Brasil, comentarista de sustentabilidade na Globonews e da radio CBN.

16h – Palestra: “Captação de Recursos e Gestão de Projetos Socioambientais - Melhores práticas e experiência do Instituto Brasileiro de Florestas na produção de 1 milhão de árvores nativas mensal envolvendo comunidades em todo o país”.
Palestrante – Higino Aquino – Diretor de Relações Institucionais do Instituto Brasileiro de Florestas (IBFlorestas), uma associação sem fins lucrativos que tem como foco de trabalho o apoio no reflorestamento e proteção de florestas nativas

17h10m – Palestra: “Compensações Socioambientais - Apresentação do caso da Central Nuclear Almirante Álvaro Alberto em Angra dos Reis – RJ”.
Palestrante - Celso Badaró da Silva - Ex-presidente do Sindicato dos Desenhistas no Estado do Rio de Janeiro, ex-diretor da Federação Nacional dos Projetistas e Desenhistas, atual Supervisor da Assessoria de Responsabilidade Socioambienta1 da Eletrobras - Eletronuclear Termonuclear S.A.

18h – Oficinas do Conhecimento - Apresentação de Projetos Sustentáveis da Região da Bacia de Campos.

20h – Show de Encerramento:
Fulinaíma Sax Blues Poesia
Artur Gomes - poesia e voz
Luiz ribeiro - violão, guitarra e voz
Fil Buc - guitarra

Artur Gomes e Fil Buc – Overdose Polifônica





Governo quer estimular
portador de HIV a ter filho

O Ministério da Saúde elabora documento em que estimula portadores de HIV que queiram ter filhos a fazer sexo desprotegido em condições específicas, informa reportagem de Fernanda Bassette e Gabriela Cupani, publicada nesta terça-feira pela Folha (íntegra disponível para assinantes do jornal e do UOL).

Segundo o texto, se o casal planejar a gravidez na melhor fase clínica do tratamento, o risco de transmitir o vírus é muito menor.

Isso inclui estar com a quantidade de vírus baixa e o total de células de defesa elevado, não ter doenças crônicas associadas nem infecções no trato genital. A relação deve ocorrer no dia do período fértil da mulher.

Após o sexo sem proteção, devem ser tomados cuidados para prevenir a doença.Segundo as informações mais recentes do Ministério da Saúde, em 2008, aproximadamente 3.000 mulheres soropositivas engravidaram.

Documento da OMS (Organização Mundial da Saúde) de 2006 recomenda autoinseminação e outras técnicas de reprodução assistida para esses casos.

Para Andrea da Silveira Rossi, consultora do ministério, é necessário orientar as pessoas sem acesso a essas técnicas sobre formas seguras de engravidar.
Os tratamentos reprodutivos em clínicas custam muito caro, diz ela.

Leia a reportagem completa na Folha desta terça-feira que já está nas bancas.

GERAÇÃO BEAT: PALESTRAS,
DEBATES, DEPOIMENTOS E AUDIÇÃO

Coordenação: Cláudio Willer

A Geração Beat foi o grupo de poetas, prosadores e artistas norte-americanos que estrearam na década de 1950, com grande impacto e circulação pela ousadia e caráter inovador de suas obras: Jack Kerouac, principalmente através de On the Road, uma plataforma geracional; Allen Ginsberg, que chamou a atenção para a beat com o poema Uivo; William Burroughs, Gregory Corso, Lawrence Ferlinghetti, Michael McClure, Gary Snyder, Dianne di Prima e outros.

Inspirou jovens a romper com o estilo de vida convencional e a procurar novos modos de expressão. Está na origem da contracultura, de movimentos pacifistas, da geração “de mochilas nas costas” profetizada por Jack Kerouac em Os Vagabundos Iluminados. Está também associada à religiosidade transgressiva e ao misticismo heterodoxo, especialmente de alguns beats, como Kerouac e Ginsberg, denominada por especialistas de “anarquismo místico”.

Dando continuidade ao curso iniciado em abril, com destaque para a contribuição literária dos beats - suas poéticas e visões de mundo, autores com os quais dialogaram ou nos quais se inspiraram - será abordada a atualidade da Geração Beat e sua presença, inclusive no Brasil, através de um módulo intitulado Beat Brasil, com depoimentos de autores contemporâneos: Ademir Assunção e Rodrigo Garcia Lopes (dia 06), QUINTA-FEIRA.

Um comentário:

Fábio disse...

Olá gostaria de convidá-lo a conhecer meu trabalho através do blog Ecos do Teleco Teço (WWW.ECOSDOTELECOTECO.BLOGSPOT.COM) . Grande abraço e sucesso com sua proposta !! Axé

CAMPOS DOS GOYTACAZES

Quem sou eu

Minha foto
meu coração marçal tupã sangra tupi e rock and roll meu sangue tupiniquim em corpo tupinambá samba jongo maculelê maracatu boi bumbá a veia de curumim é coca cola e guaraná