fulinaíma

domingo, 6 de junho de 2010

Salgado Maranhão lança antologia poética




Na próxima quarta-feira, na Cidade Maravilhosa, o poeta e letrista Salgado Maranhão lança a antologia “A Cor da Palavra” (Editora Imago/FBN), com poemas escolhidos dos seus livros Aboio, Punhos da Serpente, Palávora, O Beijo da Fera, Mural de Ventos, Sol Sanguíneo, Solo de Gaveta e A Pelagem da Tigra, com os quais ganhou os prêmios Jabuti e Ribeiro Couto.

Verdadeira usina multimídia, Salgado Maranhão tem parcerias com Paulinho da Viola, Élton Medeiros, Ivan Lins, Moacyr Luz, Zé Américo, Xangai, Herman Torres, Vital Farias, Mirabô Dantas e Carlos Pita, entre outros.

Constam entre seus intérpretes, além dos parceiros já citados, Zizi Possi, Rita Ribeiro, Alcione, Elba Ramalho, Rosa Maria, Amelinha, Amélia Rabello, Selma Reis, Juliana Amaral, Zezé Gonzaga, O Terço, Gilberto Alves, Ney Matogrosso, Zé Renato, Zeca Baleiro e tantos outros em suas mais de 40 composições gravadas, além de inéditas com João Donato, Tunai, Zeca Baleiro, Renato Piau e Chico César.

Em 2005, pelo Selo RioSesc/Som, lançou o CD “Amorágio”, no qual declamou poemas e contou com vários intérpretes para suas composições.

"Salgado é um dos mais brilhantes poetas de sua geração e possui um trabalho de linguagem muito especial", diz Ferreira Gullar.

O coquetel de lançamento (com canja musical e poética) do livro “A Cor da Palavra”, rola no dia 9 de junho (quarta-feira) a partir das 19:00 horas, no Espaço FINEP – Praia do Flamengo, 200.

Os poetas Euclides Amaral, Mano Melo, Cairo Trindade e Arnaldo Garcez já confirmaram presença. Se jogue.

Nenhum comentário:

CAMPOS DOS GOYTACAZES

Quem sou eu

Minha foto
meu coração marçal tupã sangra tupi e rock and roll meu sangue tupiniquim em corpo tupinambá samba jongo maculelê maracatu boi bumbá a veia de curumim é coca cola e guaraná