fulinaíma

segunda-feira, 19 de julho de 2010

sampleAndo















tenho andado pelas ruas da cidade, tudo bem nada normal, tudo certo como dois e dois são cinco, isto não é citação de MPB, esta cidade é ume esgoto só, tente passar onde estou passando, você nunca varou a 28 às 4, nunca passou das ruas da pelinca, queixo-me as folhas mas que bobagem as folhas não falam, simplesmente as folhas exalam todo ralo que vasa de ti.

Olá Artur!
Não deu aqui para abrir a página da associação de blogueiros... mas muito legal saber que postou o comentário!
Gostei deste novo vídeo SampleAndo , a tua poesia falada de fundo deu um tom de mistério,você notou? Devia explorá-las sempre em seus vídeos, as letras sempre fortes, espantam, embebedam os ouvidos que sugam as fraquezas articuladas do dia a dia. A poesia é uma das mais nobres expressões humanas, pois canta todas as criaturas vivas, e a prática constante de sua apreciação pode elevar as pessoas à altura de seu destino cósmico. Por isso que gosto da poesia falada, tenho a impressão que ela alfineta com mais intensidade os corpos anestésicos que vagueiam por aí, e deu pra ver em outros vídeos que você é mestre nisso.

Ah! Sobre narciso, nós pobres artistas,rsrsrsrrs,acredito que nos sentimos mais nobres podendo recriar em nossos olhos,mãos e alma novos reflexos com nossa arte espelhada que acarinha, envaidece e às vezes fere a sociedade!
Espero que tenha um bom final de semana

Tenho certeza que vou adorar os curtas e poder mostrá-los para a turma daqui. Ah, sou mesmo do interior de São Paulo, mas é comum confundirem, têm também Corumbataí do Sul no Paraná rsrsrsrsrsrsrsrs, mas a minha Corumbataí é uma pequena cidade escondida entre montanhas, foi por muito tempo intitulada O Vale da Alegria, ela vive escondida, pacata, simples e tímida, talvez por ser do interior, né? rssrsrsrsr Mas adoro ela, me transmite paz!
Um lindo final de semana para ti!

Alcinéia - Corumbataí-SP

Paulistas e cariocas dominam seleção brasileira no Festival de Gramado 2010

fonte: http://www.uol.com.br/
Oito longas-metragem nacionais, sete estrangeiros e 16 curtas nacionais farão parte da mostra competitiva do 38º Festival de Cinema de Gramado. A lista foi anunciada na manhã desta segunda (19), em Porto Alegre. Foram divulgados ainda os homenageados da mostra. O troféu Oscarito – homenagem ao conjunto da obra - vai para Paulo Cesar Pereio e o prêmio Eduardo Abelin – ao destaque na indústria do cinema nacional -, para a diretora Ana Carolina Soares.

Neste ano, serão nove dias de mostra, um fim de semana a mais. A ideia, segundo o presidente do festival, Alemir Coletto, é ampliar o escopo do evento, que deve receber os presidenciáveis Dilma Rousseff (PT) e José Serra (PSDB) para debater políticas públicas para o segmento da cultura. “Somos o festival mais representativo de cinema da América Latina, quase 80 longas nacionais buscara espaço na mostra, 43 estrangeiros, 300 curtas-metragens foram avaliados, o que nos consolida”, avaliou Coletto.

Na manhã desta segunda (19), foram apresentados somente sete longas nacionais e seis estrangeiros. Os outros dois devem ser anunciados até o fim desta semana. Pelo quarto ano consecutivo, o Festival de Cinema de Gramado, selecionou o júri popular em parceria com os principais jornais de nove estados brasileiros. Cada um deles realizou uma promoção para escolher uma pessoa para vir a Gramado ser jurado dos filmes das mostras competitivas de curtas nacionais e longas nacionais e estrangeiros. Nesta edição, serão 13 jurados vindos de Rio Grande do Sul, Santa Catarina, Paraná, São Paulo, Rio de Janeiro, Minas Gerais, Bahia, Pernambuco e Rio Grande do Norte.

Filmes selecionados para as mostras competitivas:
Longas Nacionais

1 - 180º - Direção Eduardo Vaisman (Rio de Janeiro)
2 - Diário de uma Busca – Direção Flavia Castro (Rio de Janeiro)
3 - Enquanto a Noite Não Chega – Direção Beto Souza (Porto Alegre)
4 - Não Se Pode Viver Sem Amor – Direção Jorge Durán (Rio de Janeiro)
5 - O Último Romance de Balzac – Direção Geraldo Sarno (Rio de Janeiro)
6 - Ponto Org – Direção Patricia Moran (São Paulo)
7 - O Contestado – Restos Mortais – Direção Sylvio Back (Rio de Janeiro)
Longas Estrangeiros
1 - El Vuelco Del Cangrejo - Direção Oscar Ruiz Navia (Colômbia/França)
2 - Historia De Un Dia – Direção Rosana Matecki (Venezuela)
3 - La Vieja De Atras – Direção Pablo Jose Meza (Argentina/Brasil)
4 - La Yuma – Direção Florence Jaugey (Nicarágua)
5 - Mi Vida Con Carlos – Direção German Berger (Chile/Espanha/ Alemanha)
6 - Ojos Bien Abiertos: Un Viaje por la Sudámerica de Hoy – Direção Gonzalo Arijon(Uruguai/Argentina/França)
7- Perpetuum Mobile - Direção Nicolas Pereda (México/Canadá/França)
Curtas Nacionais
1 - Amigos Bizarros do Ricardinho – Direção Augusto Canani (Porto Alegre)
2 - A Minha Alma É Irmã de Deus – Direção Luci Alcântara (Recife)
3 - Babás – Direção Consuelo Lins (Rio De Janeiro)
4 - Carreto - Direção Cláudio Marques E Marília Hughes (Salvador)
5 - Em Trânsito- Direção Cavi Borges (Rio de Janeiro)
6 - Eu Não Quero Voltar Sozinho- Direção Daniel Ribeiro (São Paulo)
7 - Haruo Ohara- Direção Rodrigo Grota (São Paulo)
8 - Mar Exílio – Direção Eduardo Morotó (Rio de Janeiro)
9 - Naiá e a Lua – Direção Leandro Tadashi (São Paulo)
10 - Ninjas – Direção Dennison Ramalho (São Paulo)
11 - Os Anjos do Meio da Praça – Direção Alê Camargo & Camila Carrossine (São Paulo)
12 - Pimenta- Direção Eduardo Mattos (São Paulo)
13 - Pinball- Direção Ruy Veridiano (São Paulo)
14 - Ratão- Direção Santiago Dellape (Brasília)
15 - Um Animal Menor – Direção Pedro Harres e Marcos Contreras (Porto Alegre)
16 - Vento – Direção Marcio Salem (São Paulo)


Saudades de Brasília

Nesta última terça, no Rio, fui a com Lilia e Alice Diniz no quiosque Siri Mole, ali no calçadão de Copacabana, degustar um acarajé cerveja para matar saudades das nossas idas a Feira da Torre em Brasília saborear essa iguaria baiana. Depois em casa vasculhando meus arquivos encontrei estes dois vídeos feitos no DF lá pelos idos de 2006, mas confesso que a saudade continua cutucando o peito como um berimbau em roda de capoeira.



Nenhum comentário:

CAMPOS DOS GOYTACAZES

Quem sou eu

Minha foto
meu coração marçal tupã sangra tupi e rock and roll meu sangue tupiniquim em corpo tupinambá samba jongo maculelê maracatu boi bumbá a veia de curumim é coca cola e guaraná