fulinaíma

sábado, 18 de setembro de 2010

Extraído do site do Centro de Estudos de Mídia Alternativa Barão de Itararé.

No dia 21 de setembro, das 18h30 às 20h30, com transmissão online pelo bate-papo do UOL, a seção carioca do Centro Cultural Banco do Brasil realiza o debate “Blogosfera: A Imprensa Alternativa do Século 21”, com os jornalistas Luiz Carlos Azenha, do blog Vi o Mundo, e Mauro Santayana.

A mediação do encontro será feita pelos também jornalistas Mauro Ventura e Oona Castro, que encaminhará as perguntas dos internautas aos debatedores. O objetivo do ciclo é o de pensar a Internet como suporte para a informação e as artes: música, literatura, teatro, artes plásticas, fotografia, num total de seis encontros.

O primeiro debate do ciclo foi dedicado à discussão da Web Arte e contou com a participação de Ivana Bentes e Giselle Beiguelman. No segundo, foi discutido o teatro que se faz na rede, com o diretor Jefferson Miranda e a atriz Renata Jesion.

Até novembro devem participar das discussões os fotógrafos Arthur Omar e Claudia Jaguaribe; os escritores Daniel Galera e João Paulo Cuenca; o tecladista do Skank, Henrique Portugal, e o jornalista Irineu Franco Perpétuo, autor do livro O Futuro da Música Depois da Morte do CD.

Repórter especial da TV Record e editor-chefe do blog Viomundo, Luiz Carlos Azenha começou a carreira em um jornal do interior de São Paulo, nos anos 70. Em 1980 tornou-se repórter de TV.

Foi correspondente da Rede Manchete e da TV Globo em Nova York, cidade em que viveu durante mais de 15 anos. Acompanhou eventos internacionais importantes como a queda do muro de Berlim, o processo de dissolução da União Soviética e a crise que levou à invasão do Iraque.

É colaborador de revista CartaCapital e mais recentemente dirigiu a série Nova África, da TV Brasil.

Mauro Santayana é jornalista, colunista político do JB Online. Trabalhou em todos os grandes jornais brasileiros (Diário de Minas, Última Hora, O Globo, Folha de S. Paulo, Gazeta Mercantil, Diário Popular e Jornal da Tarde), além das revistas Manchete, Mundo Ilustrado, Alterosa e Revista do Globo.

Na imprensa alternativa e de resistência, trabalhou no Binômio, de Belo Horizonte, e Pasquim.

Foi correspondente do JB (em Praga e em Bonn, de 1968 a 1973) e da Folha de São Paulo (na Península Ibérica e no Norte da África, de 1979 a 1982).

Como correspondente do JB na Alemanha, ganhou o Prêmio Esso de Reportagem de 1971, com a matéria Assim Começou uma Guerra, sobre as relações entre o Brasil e Alemanha que levaram à Declaração de Guerra de 1942. Foi ainda consultor político de Tancredo Neves, secretário-executivo e membro da Comissão de Estudos Constitucionais da Presidência da República, que redigiu o ante-projeto da Constituição de 1988, e Adido Cultural do Brasil em Roma (entre 1987 e 1990).

Entre os livros que escreveu estão A Tragédia Argentina, Poder e Violência, de Rosas a Perón; Dossiê da Guerra do Saara; Tancredo, o Verbo Republicano e A Política como Razão.

O debate Blogosfera: A Imprensa Alternativa do Século 21? acontece no Teatro II e as senhas para o evento podem ser retiradas com uma hora de antecedência, na bilheteria. O CCBB fica na Rua Primeiro de Março, 66, Centro. Outras informações podem ser obtidas no site www.bb.com.br/cultura

By Sergio Telles do #RioBlogProg http://rioblogprog.blogspot.com/

Nenhum comentário:

CAMPOS DOS GOYTACAZES

Quem sou eu

Minha foto
meu coração marçal tupã sangra tupi e rock and roll meu sangue tupiniquim em corpo tupinambá samba jongo maculelê maracatu boi bumbá a veia de curumim é coca cola e guaraná