segunda-feira, 20 de setembro de 2010

Olinda recebe a Fliporto Digital





Dentro da programação da sexta edição da VI Festa Literária de Pernambuco, os visitantes poderão entrar em contato com o que há de mais moderno no quesito comunicação digital com a Fliporto Digital que tem como gestor o advogado, escritor e curador da Fliporto, Antônio Campos, coordenação de Cláudia Cordeiro e apoio do MIC Pernambuco.
Em sua quarta edição, o evento será sediado na Biblioteca Pública de Olinda, em frente ao pátio do Carmo, onde será realizado o Congresso Literário, com o objetivo de valorizar obras literárias e seus escritores com o que há de mais moderno quando o assunto é tecnologia. O apoio à leitura no meio digital, feita através de dispositivos como e-books e e-readers, também é o foco da quarta edição da Fliporto Digital e, por isso, o polo tecnológico irá premiar os talentos que divulgam suas obras no meio virtual.

O Prêmio TOC140 Poesia no Twitter, criado por Antônio Campos, merecerá uma seleção dos "100 melhores do TOC140" em livro, além dos prêmios em dinheiro. E serão exibidas as edições vencedoras dos quatro anos do Prêmio Internacional Poesia ao Vídeo.

Democratização
Para democratizar o acesso ao conteúdo e divulgar as ações promovidas pela Festa, a Fliporto Digital fará a transmissão ao vivo da programação literária e de suas videoconferências, além de flashs de todas as atividades que serão divulgadas por videocast. Com o apoio do MIC Pernambuco que vem desenvolvendo, especialmente para a Fliporto, ferramentas e recursos dirigidos para escritores, a Fliporto Digital amplia e verticaliza suas ações para a inclusão digital e promove uma imersão bem maior nas atividades da Festa e seus objetivos: o diálogo e o congraçamento entre culturas e povos, através da Arte Literária.

Serão oferecidas duas oficinas WEB 2.0, uma delas especialmente para escritores, mas ambas voltadas para a produção, divulgação e comercialização da produção literária no meio virtual. A WEB 2.0 para escritores, com imersão de 8 horas, em um único dia, objetiva tornar o escritor seu próprio editor e dono de sua própria livraria, num espaço virtual onde poderá editar, divulgar e comercializar seus e-books sem intermediários.

Pioneirismo
No estande do Mix Leitor D, os visitantes poderão conhecer o primeiro leitor digital com tecnologia 100% nacional, um dispositivo compacto que permite, entre as suas múltiplas funções, leitura de e-books e o acesso à internet, graças a um browser interno que se conecta a um modem 3G incluso no aparelho.

Interatividade
Este ano, a Fliporto Digital contará com dois espaços direcionados para exposições interativas. Em um deles, será possível folhear, virtualmente, e-books. No outro, a exposição "Olinda, traços do passado, cores do presente" , baseada em imagens e textos do livro de Edvaldo Alérgo. É uma homenagem à Cidade Patrimônio Histórico da Humanidade retratada em desenhos de diversos artistas, entre eles Manoel Bandeira, e fotos atuais de Marcus Padro. Um verdadeiro inventário histórico e artístico de Olinda. A partir do método touch, que possibilita a interação com o meio virtual através do toque, as imagens acionadas no HP Toutch pelos visitantes serão automaticamente ampliadas e exibidas em telão

Nenhum comentário:

CAMPOS DOS GOYTACAZES

Quem sou eu

Minha foto
meu coração marçal tupã sangra tupi e rock and roll meu sangue tupiniquim em corpo tupinambá samba jongo maculelê maracatu boi bumbá a veia de curumim é coca cola e guaraná