sábado, 4 de dezembro de 2010

FESTIVAL GAITISTAS DO CERRADO 2010

O trabalho pioneiro de Engels Espíritos com gaitas harmônicas em Brasília, divulgado por meio de seus shows e de seu curso de gaitas, foi responsável pelo surgimento da primeira geração de gaitistas na cidade e pelo único Festival de gaitas do centro-oeste.

Para a segunda edição do Festival Engels Espíritos reúne todas as gerações de profissionais da gaita de Brasília para um grande evento de gaitas com muita música inteligente, diversão e sorteios de kit’s de gaitas para o público.

A apresentação contará com os principais gaitistas da cidade e alguns gaitistas de outros estados que levarão ao palco diferentes facetas do instrumento.

Os GAITISTAS DO CERRADO são: Caetano Rojas, Ricardo Ferraz, Cristiano Brito, Rafael Alabarce, Engels Espíritos. Além dos gaitistas do Rio de Janeiro radicados em Brasília, Cisso Cerqueira e Rodrigo Jaguaribe.

Esses músicos têm personalidades musicais totalmente diferentes na forma e
no estilo de expressão. O repertório do show vai desde gêneros da música
brasileira como Samba, Bossa Nova, Baião, Chorinho à estilos da música negra
americana como Blues, Country, Jazz, Funk, Rock n’ Roll. E para diversificar ainda mais, o público também contará com interpretações de música Flamenca e Celta.

O evento tem o apoio da maior fábrica de gaitas do Brasil, a Bends Harmônicas, que dispõe da melhor tecnologia de gaitas da America Latina, da qual o gaitista Engels Espíritos é endorsser (artista divulgador). O evento ainda contará com a apresentação dos mais novos lançamentos de gaitas Bends.
Link para matéria do Correio Brasiliense sobre os "Gaitistas do Cerrado",
http://www.correiobraziliense.com.br/app/noticia182/2010/02/10/diversaoearte,i=172523/GAITA+GANHA+TERRENO+FERTIL+NO+DF+E+PROJETA+TANTO+PROFESSORES+QUANTO+MUSICOS.shtml
Local: Clube 904 (Clube da CEB) 904 Sul- atrás da Uni-DF
Dia: 04 de dezembro-Sábado!
Horário: 21h30
Entrada:15$
Informações: 9978-7788

Nenhum comentário:

CAMPOS DOS GOYTACAZES

Quem sou eu

Minha foto
meu coração marçal tupã sangra tupi e rock and roll meu sangue tupiniquim em corpo tupinambá samba jongo maculelê maracatu boi bumbá a veia de curumim é coca cola e guaraná