sexta-feira, 4 de março de 2011

a traição das metáforas:



uma anti-lição de alquimia

afia-se a faca na pedra
para arrancar da fruta o caroço
esse mar com gosto de fedra
tem fezes até o pescoço

a faca com cheiro de sangue
o sangue com gosto de morte
caranguejo que se exploda no mangue
devastar é alei do mais forte

o fraco sempre morre na foz
desse rio agora represa
justiça quem quiser que se foda
o que interessa é o bem da empresa

federico baudelaire
http://federicobaudelaire.blogspot.com/

Concurso: Riverdies leva você para o Carnaval de Salvador 2011

segunda às 21:00 - 08 de março às 00:00
________________________________________
Localização Palco do Rock
Av. Otávio Mangabeira, S/N, Coqueiral da Praia de Piatã
Salvador, Brazil

Criado por Vmh Estudio Produções

Mais informações Adicione o perfil e mande uma mensagem dizendo porque você merece ver o Riverdies em Salvador no Carnaval 2011 e concorra a uma passagem para assistir o show da banda e curtir a folia.

O QUE O IBGE TEM A DIZER À ORTODOXIA

Menos de 24 horas depois de o BC elevar a taxa de juro para 11,75% - medida profilática para desaquecer a economia e conter ‘pressões inflacionárias' decorrentes do descompasso entre oferta e demanda ,explicam os consultores dos mercados financeiros - o IBGE divulgou dados do PIB de 2010.

O confronto entre os sinais emitidos pela economia real e as justificativas para a decisão do BC deveria inspirar, no mínimo, alguma reflexão em círculos saltitantes, dentro e fora do governo, unidos pela ciranda-cirandinha do ‘corta-corta'. Vejamos:

a) o PIB brasileiro cresceu 7,5% no ano passado em relação a 2009. Sim, a base de comparação era modesta. Em 2009 o país enfrentou galhardamente, com ferramentas keynesianas, a maior crise mundial do capitalismo desde os anos 30, mas seu PIB estagnou; b) a retomada em 2010, todavia, não se mostrou apenas vigorosa na recuperação do tempo perdido: ela foi sobretudo notável na sua consistência; c) o crescimento do PIB foi puxado, com dianteira folgada, pela formação bruta de capital que registrou um crescimento histórico de 21,8% ; d) e foi principalmente a produção de máquinas e equipamentos que impulsionou esse salto na agregação de capacidade produtiva: o avanço nesse segmento atingiu 30,5% em 2010 (havia caído 13,1% no ano anterior); e) sim, a expansão do consumo também foi robusta. Puxada por ganhos reais de salário e maior disponibilidade de crédito, subiu 7% no ano. Os números, porém, são categóricos: o investimento em estruturas e máquinas para promover a ampliação da oferta está crescendo a uma velocidade três vezes superior à da demanda corrente.

Ainda que existam razões prudenciais para o governo cortar algum gasto, como foi feito, de modo a calibrar a maturação desses investimentos (porque investimento, num primeiro momento, também aquece a demanda) e assim assegurar o equilíbrio macroeconômico mais adiante, a pergunta é: o padrão de crescimento comprovado em 2010 requer, de fato, novas altas no custo financeiro da economia para ganhar consitência? Um tempero final : segundo a FIPE, os preços ao consumidor (IPC) na cidade de São Paulo fecharam fevereiro com alta de 0,60 - é a metade da taxa registrada em, janeiro ( 1,15%); ainda: seis das sete capitais pesquisadas pela FGV exibiram redução nos preços ao consumidor (IPCS) semana final de fevereiro.

no sitio Carta Maior

Um comentário:

Alcinéia Marcucci disse...

Belo destrinchar de idéias no uma anti-lição de alquimia!!!
Você está sempre com seus "gumes afiados"
Parabéns!
Abraço

CAMPOS DOS GOYTACAZES

Quem sou eu

Minha foto
meu coração marçal tupã sangra tupi e rock and roll meu sangue tupiniquim em corpo tupinambá samba jongo maculelê maracatu boi bumbá a veia de curumim é coca cola e guaraná