fulinaíma

segunda-feira, 20 de junho de 2011

Corpo de Mariana Noleto, namorada do filho de Cabral, é encontrado próximo aos destroços do helicóptero


Por O Globo (granderio@oglobo.com.br)

RIO - O corpo de uma mulher foi localizado boiando no mar, pouco antes da meia noite de domingo, perto dos destroços do helicóptero que caiu na sexta-feira na praia de Itapororoca, em Trancoso, sul da Bahia, informou o telejornal Bom Dia Rio. Segundo funcionários do IML de Porto Seguro, familiares reconheceram o corpo como sendo da jovem Mariana Noleto, namorada do filho do governador do Rio, Sérgio Cabral. O corpo foi liberado às 4h desta segunda-feira.


Leia mais


Helicóptero que caiu na Bahia é localizado pela Marinha
Filho de vocalista do Biquíni Cavadão é enterrado no RJ

Nesta manhã, os trabalhos da Marinha recomeçaram para a retirada da cabine da aeronave, que foi localizada no domingo. A expectativa é que os outros dois corpos que ainda faltam ser encontrados estejam presos aos cintos de segurança. Das sete pessoas que estavam na aeronave, pelo menos cinco morreram no acidente, entre elas duas crianças. Além do piloto Marcelo Mattoso, ainda não foi encontrado o corpo da empresária Jordana Kfouri Kavendish.

A aeronave foi encontrada a 250 metros da costa e a uma profundidade de cerca de 10 metros. Segundo a Marinha, a cabine está muito danificada, o que impossibilitou a verificação de vítimas na aeronave até o momento.


A Força Aérea Brasileira vai abrir investigação para saber como o piloto da aeronave atuava com licenças vencidas há seis anos.


INVESTIGAÇÃO: piloto tinha quatro licenças vencidas


O governador Sérgio Cabral e seu filho ficaram o fim de semana em Porto Seguro e permanecerão mais dias na cidade, segundo informou a assessoria de imprensa do governador. Eles passaram o domingo em um hangar privado no aeroporto local e tiveram apoio do prefeito Gilberto Pereira Abade e do secretário de Turismo Guto Jones.


No Rio, cerca de 15 bombeiros, incluindo o comandante-geral da corporação, coronel Sérgio Simões, foram ao Aeroporto Santos Dumont na noite de domingo para embarcar para a Bahia, para ajudar nas buscas. O grupo chegou a entrar no escritório de uma empresa de táxi aéreo, mas na última hora não embarcou.


- Vamos ficar aquartelados e aguardar até amanhã de manhã, para decidir se viajamos para colaborar - disse o coronel Sérgio Simões.


A convocação dos bombeiros do Rio ocorre em meio a uma crise gerada por protestos da corporação por melhores salários. Após a invasão do Quartel Central, 429 bombeiros foram presos. Na ocasião, Cabral chamou os manifestantes de "vândalos" e "irresponsáveis".

Nenhum comentário:

CAMPOS DOS GOYTACAZES

Quem sou eu

Minha foto
meu coração marçal tupã sangra tupi e rock and roll meu sangue tupiniquim em corpo tupinambá samba jongo maculelê maracatu boi bumbá a veia de curumim é coca cola e guaraná