fulinaíma

terça-feira, 8 de novembro de 2011

a traição das imagens



isto não é uma árvore
para rennè magritte

tudo em tua fortaleza
respira mar
mergulho ondas
na praia do futuro
aqui presente
sem nenhum passado
que o tempo
possa me mostrar
intra afogados na porta do silêncio
homens respiram óxido de carbono
entre o esgoto e o concreto
e o dia grita o desespero
na barbárie absoluta
que a cidade não desfaz


artur gomes

Nenhum comentário:

CAMPOS DOS GOYTACAZES

Quem sou eu

Minha foto
meu coração marçal tupã sangra tupi e rock and roll meu sangue tupiniquim em corpo tupinambá samba jongo maculelê maracatu boi bumbá a veia de curumim é coca cola e guaraná