segunda-feira, 19 de março de 2012

prosa concreta pra haroldo de campos

num dia qualquer de verão ou inverno fomos almoçar no Netuno Flutuante restaurante que fica sobre a represa BIlling na via Anchieta a caminho de São Bernardo. Silvia Passareli, José Homero e Arthur haviam acabado e desmontar uma exposição na Escola de Artes de São Caetano. Depois de um almoço regado a muita vodka e sagatiba, retornamos para São Paulo, e aí em estado etícilico avançado ARthur que não Rimbaud o nosso guia, perdeu o caminho e a poesia porosa virou prosa concreta para Haroldo de Campos.

Nenhum comentário:

CAMPOS DOS GOYTACAZES

Quem sou eu

Minha foto
meu coração marçal tupã sangra tupi e rock and roll meu sangue tupiniquim em corpo tupinambá samba jongo maculelê maracatu boi bumbá a veia de curumim é coca cola e guaraná