fulinaíma

sexta-feira, 1 de junho de 2012

Gargaú Onde O Tempo Não Tem Pressa

uma tarde na Concha Legal - vídeo produzido por alunos da Oficina Cine Vídeo - IFF Campus Campos Centro

ontem passei o dia em Gargaú, - filmando e ouvindo estórias de pescadores,  catadores e catadoras de caranguejos, relatos que breve estarão registrados no curta Gargaú Onde O Tempo Não Tem Pressa. Gargaú, é uma praia do litoral do município de São Francisco de Itabapoana, fica a margem esquerda do rio Paraíba do Sul, cujo mangue é o mais conservado do Estado do Rio de Janeiro. Uma das figuras mais folclóricas de Gargaú tem o apelido de Bracutaia, e foi proprietário na década de 60, de um bar famoso na região, por servir em sua cachaça iguarias como cobras, lagartixas, marimbondos.  Hoje um neto de Bracutaia segue na direção do Bar, mas não serve mais as famosas iguarias.   Nesse período de outono/inverno, por causa da temperatura mais fria,  os caranguejos ao contrário do período de verão onde eles vem para a superfície, eles se escondem mais profundamente em sua ocas, não possibilitando aos catadores de os pegarem com as mãos, e sim com redes que são colocadas na boca dos  buracos a noite pra serem recolhidas na manhã do outro dia. Parte do caranguejo é comercializado lá mesmo, mas a maior parte vem para Campos e é vendido no Mercado Municipal e às margens do rio Paraíba do Sul.


arturgomes
www.artur-gomes.blogspot.com

Nenhum comentário:

CAMPOS DOS GOYTACAZES

Quem sou eu

Minha foto
meu coração marçal tupã sangra tupi e rock and roll meu sangue tupiniquim em corpo tupinambá samba jongo maculelê maracatu boi bumbá a veia de curumim é coca cola e guaraná