terça-feira, 15 de abril de 2014

poética metafórica

pra colher lírios há que se por o pé na lama 
- fotos: Artur gomes


Poética Metafórica


elétrica atravessa um facho de fogo luz
pela manhã nascente
teus dentes me cravam falas
e tudo que tua língua fala
alimenta o pavio aceso

onde elétrica passeia tua voz
a minha cala
preso na sala
agora em mim elétrica é quem fala

como segredo sagrado
jura secreta escorrendo entre meus dedos
verbo das sagradas escrituras
nem sei dizer ainda
quem é esta criatura
que me toma pela fala







fulinaímica

não sei se escrevo tanto
não sei se escrevo tenso
um fio elétrico suspenso
com tanta coisa no Ar
não sei se olho em teu olho
pra encontrar a entrada
da porta da tua casa
onde a palavra estiver
não sei se pinto um van gog
ou se escrevo um boudeler



Artur Gomes



Nenhum comentário:

CAMPOS DOS GOYTACAZES

Quem sou eu

Minha foto
meu coração marçal tupã sangra tupi e rock and roll meu sangue tupiniquim em corpo tupinambá samba jongo maculelê maracatu boi bumbá a veia de curumim é coca cola e guaraná